2022-10-04
 
Jornal de Negócios
Partilhe esta capa com os seus amigos

Títulos da capa Jornal de Negócios de 04-10-2022:

  • Fernando Santos perde processo de 4,5 milhões para o Fisco: tribunal arbitral dá razão à Autoridade Tributária e conclui que o selecionador recebeu o salário através de uma empresa para pagar menos imposto.
  • Taxas dos aeroportos vão subir quase 11%: em Lisboa, o aumento por passageiro supera 1,5 euros; ANA afirma que proposta "acompanha a tendência de crescimento da inflação".
  • Orçamento do Estado: margem máxima, negociação mínima; conheça as medidas que estão na calha para 2023.
Receba grátis as capas dos Jornais e Revistas todos os dias.
ou
f Subscrever via Facebook g Subscrever via Google

Últimas Notícias de Jornal de Negócios:

Notícias Jornal de Negócios Lucro do Banco de Fomento mais do que duplica para 23 milhões de euros

Terça, 04 de Outubro de 2022 - 15:16
Resultado líquido de 2021 representa uma subida de 135% face aos 9,7 milhões de 2020.

Notícias Jornal de Negócios OPEP+ pode cortar a oferta em dois milhões de barris por dia

Terça, 04 de Outubro de 2022 - 15:00
O cartel e os seus aliados reúnem-se amanhã em Viena para definir o nível de produção de novembro.

Notícias Jornal de Negócios UE aprova novas regras que protegem direitos dos utilizadores online

Terça, 04 de Outubro de 2022 - 14:26
Nova Lei dos Serviços Digitais define que o que é crime offline também o seja no online, como incitamento ao ódio e racismo.

Notícias Jornal de Negócios UE adiciona Anguila, Bahamas e ilhas Turcas e Caicos a lista de paraísos fiscais

Terça, 04 de Outubro de 2022 - 14:25
Lista da União Europeia conta agora com 12 territórios que não cumpriram com as reformas necessárias.

Notícias Jornal de Negócios ERSE revê em baixa preço máximo para o gás de botija. ANAREC descontente

Terça, 04 de Outubro de 2022 - 14:23
De acordo com a tabela dos novos preços máximos, publicada no site do regulador, até esta terça-feira, o valor de uma garrafa de GPL (gás de petróleo liquefeito) propano de nove quilogramas (kg) estava fixado em até 23,45 euros, descendo, a partir de quarta-feira, para 23,27 euros.